Processo de fabrico

Conheça um pouco mais acerca da transformação da azeitona e da destilação das nossas aguardentes.

O azeite

Utilizando as variedades de azeitona predominantes na regi√£o: Galega e Ma√ßanilha Algarvia, a Pecoliva produz azeite virgem (cuja acidez pode variar entre 0,9¬ļ e 2¬ļ) e virgem extra (acidez m√°xima de 0,8¬ļ). Depois de apanhada por centenas de olivicultores principalmente das zonas de S√£o Br√°s de Alportel, Loul√©, Faro, Olh√£o, Albufeira, Castro Marim e Alcoutim, a azeitona √© levada para o lagar onde se faz o processo de extra√ß√£o cont√≠nua em duas fases. A azeitona, √© lavada e mo√≠da, antes de lhe serem separados os res√≠duos da produ√ß√£o, o baga√ßo e a √°gua-ru√ßa, para ser obtida apenas a gordura vegetal ‚Äď o azeite.

O azeite Sabor do Sul apresenta um aroma frutado.

A aguardente de figo

Os figos são levados para a Pecoliva já secos, sendo depois colocados a fermentar em depósitos durante 8 dias. Após esse período ocorre a destilação em colunas de cobre que são continuamente aquecidas até que seja atingido a percentagem alcoólica pretendida, que no caso da aguardente de figo é de 45 por cento.

A aguardente de figo Sabor do Sul √© transparente apresentando-se numa garrafa de 0,7 L com uma decora√ß√£o √ļnica alusiva ao figo e apresenta-se com um paladar equilibrado com um final de boca prolongado, revelando-nos um aroma intenso a figos secos. Pode ser bebida ao natural ou fresca, acompanhada por frutos secos.


A aguardente de medronho

Após a apanha do medronho, durante os meses de outubro e novembro, este é colocado a fermentar em depósitos, durante cerca de dois meses. Após a fermentação, o medronho é destilado em colunas de cobre até se obter os 47 por cento de teor alcoólico.

A aguardente de medronho Sabor do Sul caracteriza-se por um paladar equilibrado com um final de boca prolongado, apresentado um aroma intenso a medronhos maduros. A aguardente de medronho pode ser bebida ao natural ou fresca, acompanhada por frutos secos. De aspeto transparente, a aguardente de medronho apresenta-se numa garrafa de 0,5 L com uma decora√ß√£o √ļnica alusiva ao medronho.


Os Licores

Recentemente foram lançados os nossos primeiros licores, fabricados da forma tradicional e artesanal, com uma imagem moderna e atractiva e com embalagens de qualidade, vindo desta forma a complementar a nossa oferta de produtos.

Inicialmente foram lan√ßados os licores de poejo, salva-anan√°s, canela e a famosa ‚Äúmelosa‚ÄĚ, obtida com uma divinal mistura da nossa aguardente de medronho com mel da regi√£o e uma agrad√°vel infus√£o de casca de lim√£o e canela.

√Ä exce√ß√£o da ‚Äúmelosa‚ÄĚ, todos os nossos licores s√£o fabricados atrav√©s do m√©todo de macera√ß√£o, n√£o sendo adicionados qualquer tipo de corantes e conservantes, e s√£o embalados numa garrafa elegante de 200 ml com colar pendente quadrado.

Os r√≥tulos s√£o aquarelas originais do artista Ricardo In√°cio. Estas ilustra√ß√Ķes fazem parte de uma cole√ß√£o, designada por "Malabaristas" na qual o autor se inspirou na produ√ß√£o e nos ingredientes para criar esta s√©rie art√≠stica que serviu de base para o design final da gama de Licores do Sabor do Sul. O pendente em cart√£o tem tamb√©m uma ilustra√ß√£o do artista complementar √† mesma cole√ß√£o.