Benefícios do Azeite

A Alimenta√ß√£o Mediterr√Ęnica, considerada Patrim√≥nio Imaterial da Humanidade pela UNESCO em Dezembro de 2013, foi primeiramente descrita nos anos 50-60 pelo professor Ancel Keys, que observou menor incid√™ncia de morbilidade e mortalidade por doen√ßa coron√°ria nas popula√ß√Ķes da regi√£o do Mediterr√Ęneo, comparativamente aos EUA e aos pa√≠ses do norte da Europa.

Efetivamente, na atualidade a evid√™ncia cient√≠fica √© crescente no que respeita √† associa√ß√£o entre a ado√ß√£o da Alimenta√ß√£o Mediterr√Ęnica como padr√£o de alimenta√ß√£o e a diminui√ß√£o do risco de desenvolvimento de doen√ßas neurodegenerativas, cardio e cerebrovasculares, de diabetes tipo 2, obesidade e de v√°rios tipos de cancro.

Sendo o azeite um componente-chave da Alimenta√ß√£o Mediterr√Ęnica, os benef√≠cios referidos devem-se em parte ao seu consumo, j√° que este √© constitu√≠do por v√°rios compostos bioativos, que conferem a este alimento propriedades anti-inflamat√≥rias, antioxidantes e anti-cancer√≠genas muito particulares.

Desta forma, deve privilegiar-se o seu consumo, não só a nível da culinária (cozinhados e temperos), mas também nas entradas ou nos lanches, em detrimento de manteigas, patés e outros molhos com pouco interesse nutricional.

O azeite √© considerado um produto com elevada import√Ęncia econ√≥mica, tamb√©m devido ao aumento da sua procura, sendo por isso um alvo suscet√≠vel a pr√°ticas de produ√ß√£o/comercializa√ß√£o fraudulentas, nomeadamente a adi√ß√£o de √≥leos vegetais provenientes de outras esp√©cies de menor valor econ√≥mico, podendo representar um problema de sa√ļde p√ļblica para indiv√≠duos al√©rgicos ou intolerantes, para al√©m de diminuir a sua qualidade.

A oliveira (Olea europaea L.) est√° entre as culturas mais antigas, sendo atualmente das esp√©cies mais cultivadas na regi√£o Mediterr√Ęnica. Est√£o descritas cerca de 1.200 cultivares ou variedades, oriundas de 54 pa√≠ses, as quais conferem a tipicidade aos azeites.

No caso da nossa empresa, podemos assegurar ao cliente os 100% de qualidade e pureza dos nossos azeites, obtidos maioritariamente da variedade de azeitona ma√ßanilha algarvia, variedade essa exclusiva da nossa regi√£o, mesmo em termos mundiais, o que confere caracter√≠sticas marcadamente diferentes aos nossos azeites quando comparados com azeites obtidos noutras regi√Ķes do pa√≠s e noutros pa√≠ses, sendo os mesmos bastante frutados, principalmente de cor esverdeada e com sabor persistente.

No entanto, alertamos os consumidores que infelizmente, e por oposição a um bom vinho, a qualidade do azeite não aumenta com o tempo. A partir do momento em que os lípidos são removidos do fruto, inicia-se um processo de degradação em retorno e a sua qualidade começa a diminuir, daí que em média o azeite deva ser consumido até 18 meses após a sua produção.
Quanto √†s condi√ß√Ķes de conserva√ß√£o e conselhos para a sua utiliza√ß√£o, a respetiva informa√ß√£o encontra-se na lista de atributos associada a cada produto dispon√≠vel na nossa loja virtual.